segunda-feira, 30 de junho de 2008


Quando aconteceu? Não sei
Quando foi que eu deixei de te amar?
Quando a luz do poste não acendeu?
Quando a sorte não mais pôde ganhar?
Não, de longe me disse um não
Mas quem vai dizer tchau?

Onde aconteceu? Não sei
Onde foi que eu deixei de te amar?
Dentro do quarto só estava eu
Dormindo antes de você chegar
Mas, não. Não foi ontém que eu disse não
E quem vai dizer tchau?

A gente não percebe o amor
que se perde aos poucos sem virar carinho
guardar lá dentro o amor não impede
que ele empedre mesmo crendo-se infinito
Tornar o amor real é expulsá-lo de você
para que ele possa ser de alguém

Somos, se pudermos ser ainda
Fomos donos do que hoje não há mais
Ouve o que houve
E o que escondem em vão
Os pensamentos que preferem calar
Se não
Irá nos ferir o não,
Mas que não quer dizer tchau.

2 comentários:

Cláudia - Mais prosa do que verso! disse...

Aleluia! Ela voltou!!!!!!!!!!

Pra variar... lindo post, querida!

E sobre a direta... kkkkkkkkkk... coube mesmo como uma luva pra você kkkkkkkkk

Bjo.

Rittner M. disse...

Muito bonito... voce escreve muito bem. Gostei das fotos tambem. Está lindo seu blog.