quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A arte da negação


A chave para nossa existência está na negação. Negamos estar cansados, negamos estar com medo, negamos quando gostamos de alguém, negamos quando queremos sucesso e o mais importante, negamos estar negando.

Mas às vezes a realidade nos prega peças. Ela chega e nos pega de foram traiçoeira, atacando pelas costas. E quando isso acontece, não podemos fazer nada.

O mundo do fingimento é uma jaula, não um casulo. Só podemos mentir para nós mesmos por um certo tempo. Estamos cansados, com medo e negar não muda a verdade. Mais cedo ou mais tarde, temos que colocar as negações de lado e encarar o mundo de frente, com as armas (sejam elas quais forem) em punho. Porque a negação não é um riozinho qualquer. Ela é um baita oceano.

E nesse caso, como impedir que nos afoguemos??

5 comentários:

Esther Saldanha disse...

Construindo um barquinho de papel com as verdades que nos sobram e deixando-o enfrentar as grandes ondas alimentando-o para ficar mais forte. Mesmo que o barco vire, ainda podemos virá-lo, mas só se for um barco com verdades, um barco de mentiras será absorvido pelas águas.

Giuliaana disse...

Uma verdade dura, sempre é melhor que uma mentira boa. Sem exceções.

Negar coisas ao seu redor é mais natural do que achamos. O problema é quando a pessoa não sabe mais diferenciar verdade de mentira e nega a si mesma. Mas isso é muito poético..

Ótimo texto!!
beeijo

http://nadaqueacontece.blogspot.com

Bruno Henrique disse...

A nossa existência se baseia nas duvidas e negações. Com certeza.

parabén pelo texto.

http://passagemusical.blogspot.com/

Pobre esponja disse...

E a gente sente quando estamos sendo insinceros conosco. Eu nunca vi alguém mentir e ser feliz. Nada como a verdade, ainda que árdua.

abç
Pobre Esponja

Victória Andressa disse...

Ninguém adimite sequer que está errado, é muito dificil que isso aconteça. Negar é muito fácil, dizer que não fez, não sentiu, não ouviu, não fará. Nem todo mundo sabe confessar-se.
Ótimo blog!!


http://tacadesabedoria.blogspot.com