segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Não quero nem ouvir falar!!!

É comum essa afirmação "não quero nem ouvir falar", depois que passamos por determinada situação, seja na vida pessoal ou profissional.

O fato é que tal afirmação geralmente vem acompanhada de algum outro tipo de sentimento, seja arrependimento verdadeiro ou a vontade escondida e camuflada de que aquilo permanecesse em sua vida.

Sou da turma que admite o que sente, sem subterfúgios ou teatros. Simplesmente prefiro digerir a situação e sentir até o fim, até a exaustão. Analisando realmente o que aconteceu, de forma fria, vendo onde errei, onde acertei...

Acredito que dessa forma voltamos mais equilibrados para a realidade, sem desespero e com a sensação de lição aprendida. Não é uma questão de masoquismo, nem de ficar remoendo a história. É ser sincero consigo mesmo e usar os acontecimentos em benefício próprio, para conhecer-se melhor.

Todos temos nossas mazelas interiores, aquelas de estimação, que só confessamos para nossos travesseiros. A diferença está no que cada um de nós fazemos com elas...

18 comentários:

CARLA ROCHA disse...

Muito bom!!! Concordo em número, gênero e grau! E já estou adicionando seu blog nos meus prediletos! Grande abraço!Ah, e arrasou na trilha sonora!

molly disse...

bom texto. gostei da trilha sonora também.
bj e boa semana

Sara Albuquerque disse...

Adorei! A diferença está exatamente aí: o modo com o qual tratamos nossas decepções, tristezas, raivas... Pena que não se pode ensinar isso na escola, cabe a cada um decidir o que fazer com elas.

=)

Luz!

Paula disse...

Patty, sou como você. Prefiro ouvir e falar e falar até esgotar tudo, sentimentos, pensamentos, hipóteses. Assim, estou pronta pra outra!

beijos

Patty disse...

Patrycia,
Sou assim como você descreveu, como me identifiquei com teu texto. Acho um horror fugir dos nossos sentimentos mesmo quando sofremos. Vale a pena esse tempo de reflexão porque só assim amadurecemos. Beijos e boa semana!

Marcelo disse...

As pessoas não têm noção de que porradas são as melhores oportunidades de aprendizagem...
O problema não é tomar uma porrada uma vez, mas tomar o mesmo tipo de formas repetitiva...
É viver é aprender mesmo.

Dedinhos Nervosos disse...

Sabe que não tinha pensado sob esse ponto de vista? Mas vc está coberta de razão. Às vezes, tenho dificuldade de lidar com alguns sentimentos e nem sempre vou até o fim. Muitas vezes prefiro largar pela metade pra não me estressar. E tento aprender pra não repetir, repetir, repetir.
Bjos!

Vanna disse...

Olá, concordo plenamente.
Abraços, lindo dia.

Cláudia disse...

É isso aí...
Não devemos correr de nós mesmos e atrasar as decisões, as dores, a mágoa, o amor. Se algo está te ferindo, resolva logo, sinta logo, e assim, supere logo.

Você está certa. Não adianta prosseguir pela metade, deixando coisas mal resolvidas para tras...

Fique inteira, como diz a música.

Grande beijo. Cuide-se bem!

Cláudia

KitFisto21 disse...

concordo com você...

acho melhor resolvermos os nossos problemas do que deixá-los por resolver...

ótimo post e blog bonito o seu, hein?

abraços

rosangela disse...

eu vejo assim .. srsrs

quando chego ao ponto de falar "Não quero nem ouvir falar" é pq já analisei e tomei a minha posição .. não quero mais me envolver em de terminado assunto ..
e não me envolvo mesmo... a não ser que eu seja "obrigada" a tal situação.. rsrs

abç..

30 e poucos anos. disse...

O passado serve para tirarmos aprendizado e não errar no futuro.

"Não quero nem ouvir falar" é correr do assunto, se esconder, pensar que não é com vc.

Ana Amelia Teixeira disse...

mas o principal segredo é sofrer logo tudo de uma vez, revirar tudo que preciso for, porque assim sofremos logo de uma vez e não vai ser mais preciso ficar remoendo o passado..
adoreeeeeeiiii.
bjuxx!!!

Veiga disse...

coloquei nos favoritos!

bju

Ana Amelia Teixeira disse...

te indiquei a um meme..
dá uma olhadinha;;;
bjuxx!!!

Elton D'Souza disse...

tem dias que prefiro falar até a exaustão, outros prefiro guardá-los comigo, outros que prefiro confessá-los as paredes do quarto

mas sempre penso no que se passou, pois o que aconteceu me tornou o que hoje sou e não pode simplesmente ser esquecido ou ignorado.

Vanna disse...

Olá, passando p/ conferir as novidades... Aproveito p/ deixar abraços e desejar bom fim d semana.

All3X disse...

Mas é muito difícil suportar fracassos. Sei que é necessário passar por eles para aprender a viver, mas que dói, dói.